quarta-feira, 22 de junho de 2011

Notícias da semana vão do bizarro ao tragicômico

Essa semana algumas notícias dos telejornais me chamaram a atenção:

A Grécia está em uma crise financeira com ares de irreversível... Cá entre nós, você já viu algum produto Made in Grécia para comprar, ou qualquer coisa comercialzável? Aliás, não foi em Atenas que teve os jogos olímpicos em 2004?! Sei, sei...

O craque mais idolatrado do clube argentino Boca Juniors, ao encerrar sua carreira futebolística recebeu uma festa que fez a despedida de Ronaldo Fenômeno parecer um pique-nique... Palermo recebeu de presente do clube nada mais, nada menos do que uma das traves do estádio La Bombonera, e surpreso respondeu mais ou menos assim: "Obrigado, mas eu não tenho onde guardar isso...". Não sei se foi mais tosco o presente ou a resposta do presenteado, só sei que no próximo jogo do clube o presidente tratou de pedir "emprestado" o mimo pois não conseguiu repor as traves a tempo.

Vice-presidente de futebol do clube São Caetano morre baleado em um carro justamente no caminho em que ia para buscar sua nova aquisição: um carro blindado...

A construção do Itaquerão, estádio do Timão e provável palco de abertura da Copa do Mundo do Brasil, segue na tênue linha que separa a teimosia da irresponsabilidade. Não bastasse estar afundado em uma crise quase impagável (apesar das aparências glamurosas), o clube agora parece disposto a levar a capital paulista para o mesmo destino com esse projeto impagável que, inclusive, nem a fiel nação concorda com sua execução na atual conjuntura social. O brasileiro está tomando juízo, mas nossos políticos ainda não...

Juiz de Goiânia anula casamento gay e acusa o STF de ultrapassar os limites da constituição nacional. Porém, desembargadora revoga e torna ato sem efeito alegando que, além de ter agido de ofício (ou seja, sem provocação), o juiz afrontou questões de competência, não observou o princípio do contraditório e da ampla defesa e, ainda, contrariou decisão de efeito vinculante do Supremo Tribunal Federal (STF). Representante da OAB disse em entrevista que o juiz errou porque teria colocado em cheque a interpretação da Constituição por parte de uma instância superior à sua posição na escala jurídica. Em outras palavras, não tem o direito de interpretar a lei devido a sua baixa escala hierárquica...

E por falar em lei, foi presa uma quadrilha que, ao invés de explodir caixas eletrônicos, executava o roubo com alta tecnologia conectando-se ao caixa através de um netbook e sacando todo o dinheiro disponível. O detalhe: o chefe da quadrilha é ninguém menos do que Marcos de França, que teve participação no roubo ao Banco Central no estado do Ceará – o maior ocorrido no país até então – onde a quantia subtraída foi de R$ 165 milhões. O referido assaltante estava soltinho da Silva em regime de liberdade provisória, e não preso como imaginaria nossa vã ignorância...

A Rede Record anuncia sua novíssima atração para os fins de tarde da emissora: o nada-inédito, inigualável e insuportável José Luiz Datena!! Isso mesmo, DATENA é a nova atração da Record!!! Quem é que em sã consciência contrata algo tão pré-histórico para uma TV que pretende disputar a liderança com a ignóbil Rede Globo?! Datena precisa de um conselheiro profissional que o encoraje a seguir carreira política e abandonar a TV. Com sua pinta de justiceiro, cobrando resultado das autoridades, por que é que não vai ele mesmo tomar as devidas providências como vereador?! E quem o levou para a emissora merece tomar umas boas palmadas...

O ex-craque Roberto Carlos, agora jogador de um clube da Rússia, sentiu-se agredido como homo sapiens ao ser bombardeado com uma banana por torcedores do clube adversário. RC acusa a torcida de racismo (já é a segunda vez que russos lhe dão bananas) e pede providências ao governo russo. Bah gurí: com essa idade, com tantos anos de futebol, com tantos títulos e reconhecimento conquistados, por que é que foi se meter a jogar naquele fim de mundo? Se quer um último investimento no bolso, já na terceira idade como atleta, deixe a frescura e o orgulho de lado e jogue futebol, meu caro Roberto Carlos... apenas jogue, extravase, libere e jogue tudo pro ar!

E eu pensava que já tinha visto de tudo...