sábado, 7 de janeiro de 2012

Se a sua fé na boa sorte é maior do que a sua fé em Deus, ajuste seu foco.

Após o resultado do sorteio da "mega da virada", reparei que algumas pessoas passaram boas horas do dia comentando e avaliando sua sorte, ou falta de sorte. E notei o quanto esse assunto ocupa a mente de tanta gente. Mas por que isso? Por que as pessoas apegam-se tão fortemente à possibilidade de um dia a sorte sorrir para eles?

Meu depoimento pessoal é que sorte não existe, mas coincidência sim. Pode até ser que um dia os números que você apostou coincidam com os números sorteados, e essa probabilidade é puramente estatística. Mas o ponto chave desse post refere-se ao fator "". Pois o pessoal tem tanta, mas tanta fé na "sorte" que passam uma vida inteira apostando seu dinheiro nas casas lotéricas e Casinos.

E aqui com meus botões coloco-me a meditar: se a fé dessas pessoas fosse dirigida a Deus e se todas elas fossem a uma igreja com a mesma frequência com que vão às casas lotéricas, não estariam dando um rumo muito melhor em suas vidas?

Será que não estariam trocando a ilusão e a fé no enriquecimento fácil e momentâneo (a vida é curta, com ou sem dinheiro) pela segurança de andar com fé ao lado de Deus e cuidar da saúde de sua alma?

Muitos não experimentaram ainda a certeza de que Deus está conosco, vigia por nós e que, principalmente, Ele nos tem como filhos. As promessas de Deus não são vazias como a probabilidade de se ganhar na loteria, mas cabe a nós servi-lo com o respeito de quem serve a um rei justo que não desampara os seus. Servindo a Deus com propósito e fé, além de mantermos forte a esperança de um dia vivermos espiritualmente com Ele nos céus, temos a certeza de alcançar a Sua misericórdia e o Seu socorro enquanto vivermos nessa terra.

Mas ao invés disso, o desejo incansável pelo enriquecimento fácil fala mais alto, e a fé na sorte ainda ocupa um espaço muito maior no coração das pessoas do que a fé em Deus. O comprometimento em montar os jogos e encarar a fila da casa lotérica é mais rigoroso do que o comprometimento de estar na igreja. Mesmo conhecendo as profecias detalhadamente expostas na Bíblia sobre o futuro da alma de quem serve a Deus e de quem não serve...

Se você é Cristão e acredita em Deus, não negligencie Suas palavras sendo imediatista e pensando apenas em sua vida aqui na Terra. Mesmo tendo saúde seus dias podem acabar a qualquer momento em um cruzamento de trânsito ou em um assalto frustrado, e todo o dinheiro já ganho não terá valor nenhum no dia do juízo. E o que é eterno será experimentado pela sua alma segundo aquilo que você se dedicou na terra, sem a chance de tentar mais uma vez para se redimir.

Cuide bem de sua alma, viva a vida com retidão, dedique seus dias a Deus e deposite somente Nele a sua fé. Poderá até jogar na loteria (mesmo que não ganhe nunca), mas cuide primeiro de sua alma sabendo que o quem vem após o fim da vida é muito superior ao que todo o dinheiro do mundo poderia comprar...