quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Novas oportunidades no Tocantins para MPE's e Empresas Individuais

O estado do Tocantins está em plena efervescência. Muitos dizem que aqui é o eldorado do empreendedorismo. Contudo é necessário considerar algumas prerrogativas para não se realizar um investimento à cegas.

Na capital do estado, especificamente, podemos dizer que tem de tudo um pouco. Palmas é uma cidade que praticamente satisfaz qualquer consumidor, mesmo que com poucas alternativas. Mas tem de tudo um pouco, isso não dá para negar.

Assim podemos afirmar que em matéria de novos empreendimentos, ainda cabe mais um para empreender em qualquer segmento de prestação de serviços, entretenimento, gastronomia e comércio de bens.

O medo de empreender

Algumas pessoas ainda têm medo de empreender, pensando sempre no risco de perder seu capital numa "aventura" que não dê certo. Mas o que é empreender?

Outro dia, falando sobre esse assunto, usei uma figura de linguagem dizendo que empreender era ganhar dinheiro trabalhando para si mesmo, com uso do próprio punho. Meu sobrinho logo fez a piadinha: Adilson Maguila então era um empreendedor!! E estava certo... Maguila era um empreendedor na essência de sua definição:

1 - Ele identificou qual era o seu ponto forte para empreender;
2 - Investiu no desenvolvimento de sua potencialidade para entrar e vencer como empreendedor;
3 - Divulgou aquilo que sabia fazer de melhor para estabelecer parcerias e promoção do seu trabalho;
4 - Depois de conquistar o ponto mais alto do seu empreendimento passou a redirecionar seu plano de negócio para novas atividades correlatas.

Alguns novos empreendedores espelham-se em negócios fracassados e fortalecem a sua opinião de que empreender é arriscado. Então vamos à comparações com o lutador Adilson Maguila:

1 - Maguila, antes de mais nada, gostava de lutar boxe e tinha porte físico para isso. Sem esses atributos, muitos pretendentes a lutador de boxe não se deram bem. Para empreender, um requisito importante é estar apto a apaixonado pela atividade pretendida;
2 - Maguila treinou, e treinou muito antes de entrar no ringue e buscar a vitória. Alguns empreendedores entram no mercado com pouco preparo. Investem na comunicação antes de investir no próprio negócio com treinamentos e desenvolvimento do produto ou pessoal. O cliente vai comprar o seu produto ou serviço e não gosta do que encontra. Você não conclui a venda e ainda grava uma imagem negativa na mente do cliente...
3 - Maguila mostrou que estava bem no ringue e buscou conquistar a confiança de empresários e da imprensa, que promoveram suas lutas e o conduziram a uma carreira vitoriosa. Alguns empreendedores montam o seu negócio e esperam em silêncio que alguém os encontre, sem nenhuma divulgação ou promoção da própria marca. Nesse ritmo a chance de sucesso é muito pequena no mercado competitivo;
4 - Maguila sabia que no seu ramo a idade tende a comprometer o desempenho para a execução sempre da mesma atividade e desenvolveu um novo produto: a sua identidade. Após sair de cena como lutador passou a empreender com o uso de sua imagem em participação de programas na TV, publicidade, gravação de CD de samba e uma ONG*. Muitos empreendedores iniciam seu próprio negócio mas não prospectam o futuro com o desenvolvimento de novos produtos, serviços e diferenciais que não os deixem estagnados no mercado competitivo.

Portanto, empreender é uma decisão séria que requer compromisso com o trabalho, planejamento, pesquisa e profissionalismo, cumprindo os requisitos básicos de quem pretende entrar no mundo dos negócios.


O mercado de Palmas-TO

Quem pensa em empreender em Palmas deve considerar a possibilidade de industrializar, aproveitando a logística privilegiada do estado diante do mercado emergente nordestino e do próprio centro-oeste. Atualmente o mercado industrial demanda:

1 - Confecções;
2 - Artigos para a construção civil;
3 - Movelaria;
4 - Peças automotivas;
5 - Plástico injetado;
6 - Informática e tecnologia.

Isso tudo, somando-se à exploração do turismo local, hotelaria, gastronomia e entretenimento, faz de Palmas um celeiro de oportunidades para investimento.

* Atualmente, Adilson Maguila dedica-se à sua ONG chamada Projeto Amanhã Melhor, além da venda de seu disco de samba.