quinta-feira, 14 de maio de 2009

Programa evangélico bate o Programa do Jô em audiência

Para os marketeiros de plantão, segue aqui uma informação quentíssima: pela primeira vez, o programa "Fala que Eu Te Escuto" venceu a Globo no Ibope, chegando a ser líder isolado. O resultado comemorado como histórico aconteceu na madrugada desta quarta-feira (13).

Exibido entre 1h19 e 2h24, a atração registrou uma média de 5 pontos, contra 4 da Globo. Além disso, durante a exibição do "Programa do Jô", chegou a marcar 7 pontos, enquanto a atração da concorrente global ficou com apenas 4 pontos. (Informações do colunista Ricardo Feltrin, divulgadas no portal Adnews)

Segundo analistas, programas evangélicos têm ganhado público na TV aberta, o que sinaliza para uma revisão do estudo comportamental e social do consumidor brasileiro.

Não que esse pico de audiência seja relevante para o planejamento de mídia dos anunciantes, mas abre espaço para repensar teorias sobre o desejo de informações da população e evolução cultural a respeito da grade de entretenimento e notícias.

O Programa do Jô, considerado dirigido ao público adulto A e B qualificado, pode estar ficando desinteressante em sua abordagem, seja pelo conteúdo, seja pela falta de ineditismo ou seja pelo horário que já não acompanha mais o ritmo de vida desse público.

O programa Fala que eu te escuto, pela abordagem moralista, ética e motivadora para uma vida melhor, independente do seu cunho religioso, pode estar conquistando uma nova faixa de consumidores cansados de estresse, tragédias e desesperança diante das inseguranças e incertezas da vida presente e futura.

Esse pode ser o novo perfil do consumidor brasileiro para as diversas classes sociais. É para essa nova realidade que os veículos e agências podem dirigir sua programação e comunicação. E para esse público novos negócios e produtos podem ser desenvolvidos e aperfeiçoados.

Em terra de cegos, quem tem olho é Rei...