quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Minha família, meu tesouro, minha vida...

Essa eu não poderia deixar de contar aqui no meu blog. Na semana passada estávamos assistindo a uma novela quando a filha de um casal, revoltada com o castigo decretado pelo seu pai gritou repetidamente: "Pai, eu te odeio!! Eu te odeio!!".

No mesmo instante, minha filha virou, pulou no meu colo, deu-me um abraço e disse "Papai, eu te amo!".

Criar os filhos com amor, fazendo deles pessoas do bem e que sintam-se amadas não custa nada, está em nossas mãos.

E receber uma declaração espontânea como essa, definitivamente, não tem preço...

Minha família é o meu maior patromônio. Não há presente de Natal que supere a alegria de um lar onde prevaleça o amor todos os dias. 

Deus abençoe você e a sua família!