sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

A comunicação em massa e os perigos da publicidade para a infância

Você já tem opinião formada a respeito do que representa para uma criança aquelas propagandas sobre brinquedos e produtos licenciados na TV?

Outro dia fiquei estagnado com a notícia de que alguns deputados queriam proibir a veiculação de propagandas de produtos voltados ao público infantil em veículos de massa. No meu entendimento essa era uma política anti capitalista que poderia frear o consumo de um segmento, que também gera imposto, crescimento econômico e empregos diretos e indiretos.

Depois disso fui aprimorando meu ponto de vista oblíquo lendo mais sobre o assunto e as opiniões de alguns internautas e amigos. Dentre eles cito a Eliane Bonotto com seu blog de conteúdo refinadíssimo (visite o blog e leia esse post sobre o tema) e Francisco Giovanni, professor, doutor e amigo de conteúdo irrepreensível (visite o blog e leia esse post sobre o tema).

Em resumo, quero dizer que hoje já tenho a segurança em afirmar que sou contra a veiculação de publicidade dirigida a crianças em veículos de comunicação em massa, e gostaria de compartilhar com vocês essa breve apresentação em slides que recebi recentemente e que traduz exatamente o meu ponto de vista a respeito do
consumismo infantil.

Não deixem de ver essa apresentação. Vale a pena...