domingo, 29 de novembro de 2009

Marketing pessoal: com que roupa eu vou?!

"Agora vou mudar minha conduta,
eu vou pra luta
pois eu quero me aprumar
Vou tratar você com a força bru.....ta,
pra poder me
reabilitar
Pois esta vida não está sopa e eu pergunto: com que roupa?

Com que roupa que eu vou
pro samba que você me convidou?
"

Noel Rosa já citava em sua canção a importância que tinha selecionar a roupa certa para aparecer bem no evento com a pessoa que o convidou. E estava certo! A forma de se vestir diz muito sobre você!

O que precisa ser pensado é: onde eu vou, já sou conhecido, posso me expor sem causar idéia distorcida a meu respeito? Ou então, como vou aparecer lá pela primeira vez, com que roupa eu vou?

Exemplo disso é o estilo de Supla, típico punk-rocker irreverente e conhecido pela sociedade, que pode aparecer onde quiser vestido como quiser que ninguém vai estranhar, pois é um artista. Mas se ele chegasse anonimamente com seu típico figurino num casamento, não pderia causar alguma impressão errada a seu respeito? Afinal, a idéia de esteriótipo que cada pessoa tem sobre o mesmo tipo pode ser diferente. Alguns admiram o estilo punk, outros têm medo...

Outra personalidade, como a Adrine Galisteu que já se tornou sinônimo de "vestir-se de forma inovadora", já não causa o mesmo impacto que Supla, e sim curiosidade. Galisteu usa roupas e acessórios que você muitas vezes só vê em desfiles de moda. Mas e daí? É a Galisteu, artista, e todos sabem que dalí pode vir de tudo, que nada causa indignação. E eu te pergunto: porventura um anônimo usando os figurinos de Adriane Galisteu para uma entrevista de emprego, não poderia ser interpretada de diferentes formas? Vai contar com a sorte de ser entrevistada por uma pessoa mente aberta, mesmo sabendo que pode dar de cara com um conservador?

Por isso acredito que a forma de aparecer em público ou a um evento social não é apenas um detalhe, considerando a impressão que se deseja deixar a quem está por perto ou a quem deseja-se impressionar. É conveniente não causar impacto quando ainda não se é conhecido, deixando para expor-se por completo a médio prazo ou em ocasiões informais com o seu estilo pessoal.