sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Análise sobre ser amigo no trabalho

Um contato meu da rede Linkedin lançou um tema para discussão que achei interessante e comentei.

Tiago Calipo escreveu: Estive refletindo sobre a importância de ter amigos no trabalho. Muitos dizem: “Não estamos na empresa para fazer amigos”, mas será que é saudável não termos amigos na empresa? Leia completa...

Adriano respondeu: Tiago, muito bem colocado esse texto, penso como você em relação à amizade no trabalho. Porém, preocupam-me os amigos oportunistas, de ocasião, pois queira ou não todo mundo tem interesses financeiros por trás do emprego, e quanto maior a segurança através de um bom relacionamento, somado a um trabalho de qualidade, maior a expectativa de se conseguir prosperar na carreira.

Portanto é preciso ter maturidade, principalmente quando se ocupa um cargo de liderança ou chefia, para dosar a intensidade da amizade de si próprio para com os seus comandados. É devido aos interesses reais e particulares de cada um que surgem os famosos "falsos amigos", e com eles as panelinhas dos que percebem isso em alguém e passam a confrontá-lo de forma desleal para prejudicar o seu trabalho e desempenho. As consequências podem ser desastrosas, pois por falta de oferecer transparência à equipe quanto ao nível do relacionamento informal com cada um, um líder pode tranformar um time coeso num ninho de cobras...