terça-feira, 17 de agosto de 2010

Eles chamam isso de democracia

Estou mais uma vez indignado com o processo eleitoral brasileiro. Não sei como funciona a tal da "democracia" pelo mundo a fora, mas vou narrar rapidamente o que me deixa indignado.

Com o início da propaganda eleitoral na TV, Dilma Rousseff poderá falar durante 10min30seg, enquanto José Serra terá 7min18seg, seguido de Marina Silva (PV) com 1min23seg e Plínio Arruda Sampaio com 1min01seg. Enquanto isso os outros cinco candidatos Rui Costa Pimenta, José Maria de Almeida, José Maria Eymael, Levy Fidelix e Ivan Pinheiro contarão com 55 segundos cada um para falar de sua proposta de governo.

Vejam bem os senhores que estamos tratando da exposição de propostas e apresentação dos candidatos de interesse nacional, que ficarão no mínimo 4 anos no poder do Brasil. Que democracia é essa que privilegia legenda e força de coligações ao invés de privilegiar o povo, com o direito de conhecer com o mesmo tempo de exposição todos os candidatos? Um fala por 10 minutos enquanto o outro fala por 55 segundos?!

Sinceramente, é constrangedor ver um candidato ser obrigado a falar metralhando e virando motivo de piada como foi o persistente Enéias Filho, minoria na sua possibilidade de demonstrar ao povo o que tem a oferecer por esse tão grande Brasil. Enquanto isso, outros partidos podem se dedicar a mostrar crianças sorrindo, trabalhadores cantando e donas de casa recebendo as chaves de seu primeiro imóvel... e assim caminha a mediocridade e a farsa da democracia brasileira.