quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Quem ama corrige

Essa semana tive que colocar em prática o velho e bom castigo lá em casa. Quem tem filhos sabe o quanto é melindroso trabalhar a educação dos pequenos. Por mais bonzinhos que sejam, criança é sempre criança e aprontam das suas.

A minha pequena é uma criança que me enche de orgulho, realmente uma boa filha que nos dá muitas alegrias. Contudo, como toda criança, tem suas manias. Uma dessas manias que venho tentando tirar é fazê-la parar na mesa na hora das refeições, e principalmente comer com as própias mãos.

Já vai fazer 5 aninhos, e não acho um bom hábito precisar ficar dando colheradas na boca e chamando o tempo todo para voltar à mesa... está na hora de começar a comer sozinha, junto de nós. E então estávamos adotando a prática de conscientizá-la: se demorar muito a comer vai ficar sozinha na mesa até acabar a comida. Não pensem que faço isso apenas conversando, pois ninguém é de ferro, e todo dia ficava irritado com aquela impressão de que ela estava nos fazendo de bobos não se comportando.

Então na segunda-feira avisei a ela que se não acabasse de comer até a hora de ir pra escola, não iria, ia ficar em casa com a babá. Dito e feito... ela não comeu até a hora de se arrumar para sair. Cumpri meu combinado e deixei-a em casa, mas com um agravante: iria ficar sentada numa cadeira da sala e só iria sair de lá para comer o lanche da tarde e ir ao banheiro. Ela não contava com esse castigo. Nada de TV e nem brinquedos. E ainda disse que não iria mais deixa-la assistir TV até que aprendesse a comer sentada e sem enrolação.

O castigo deu resultado, e já no outro dia ela estava toda animada, fazendo o que pedi. Claro, não com tanta convicção, mas parou de fazer palhaçadas na hora de comer e estava bem mais controlada. E assim continua, pois sabe que cumpro a ameaça e ponho de castigo sem dó. Liberei a TV na quarta-feira.

E isso não diminui o nosso amor, o nosso apego, as demonstrações de afeto a todo instante, pois ela é muito carinhosa conosco e nós com ela.

Uma coisa eu tenho comigo: criança desobediente, arteira e sem limites é normal. O que não deve ser tolerado é criança que não respeita pai e mãe e pais que não se fazem respeitar. Se você perder o respeito e não conseguir controlar seu filho desde a tenra idade, pode se preparar para conviver com um adolescente que vai dar trabalho...

Aproveito para deixar uma canção do DVD infantil "Diante do Trono", que a Ana Clara ganhou do vovô e que nos ajuda também na educação para uma criança boa e feliz.

Quem ama corrige
de Ana Paula Valadão Bessa

Quem ama, corrige os seus filhos
Quem ama, corrige os seus filhos

O pai que ama,
Cedo disciplina a criança
Quem ama, corrige os seus filhos
Quem ama, corrige os seus filhos

Que menininho lindo
Mas pode virar um monstrinho
Todo o cuidado é pouco
Ensina seu filho de pertinho

Quem ama, corrige os seus filhos
Quem ama, corrige os seus filhos


"A estultícia está ligada ao coração da criança,
mas a vara da disciplina a afastará dela" Pv 22:15

"O que retém a vara, aborrece o seu filho
mas o que o ama, cedo o disciplina" Pv 13:24