segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Negou o holocausto? Está preso.

Lançar uma lei que diga "negar o holocausto é crime", é símbolo da democracia? Como pode alguém transformar em lei o que alguém pensa ou deixa de pensar a respeito de qualquer coisa?! Se alguém negar que houve holocausto, chame-o do que quiser, mas não tem o direito de o considerar infrator!

Fique atento, a censura está de volta ao Brasil, e agora pode dominar até o que você pensa!! E ainda criticam a postura de Mahmoud Ahmadinejad, o chamando de ditador... e ainda querem uma cadeira no conselho de segurança da ONU sob o pretexto de ser um país pacificador, justo e imparcial, mesmo achando que não podemos receber uma visita diplomática de um governante considerado perigoso. Perigoso comparado a quem, aos madeireiros do Pará ou ao narcotráfico do sudeste?

O país das injustiças também é o país da miopia administrativa, com tremenda falta de foco nos problemas internos e facilmente influenciável pelos interesses das potencias mundiais.

Seja bem vindo ao Brasil, Mahmoud Ahmadinejad! Venha, faça bons negócios com nossas indústrias, leve prosperidade ao seu povo, e em seu retorno é cada um com os seus problemas!