segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Sim, você faz falta para quem te ama!

Vou compartilhar com vocês um vídeo que me emocionou muito essa semana. Ele mostra cenas de soldados norte-americanos voltando e reencontrando seus filhos em um momento inesperado.

É realmente lindo ver como é gostoso o reencontro de pessoas que se amam, e deixa uma lição: crianças sentem a falta do pai, assim como sentem da mãe.

Podemos escolher entre amar incondicionalmente nossos filhos e conjuge e estar sempre perto deles ou buscar nossa exclusiva satisfação pessoal ou profissional deixando tudo para trás em busca de uma aventura qualquer, logo ali...

Querem cuidar do planeta, da natureza, da água, dos animais, falam em sustentabilidade, etc. Fazem campanha contra o fumo, a maconha, a bebida, o câncer de mama, a defesa do consumidor, a doação de sangue, etc. Mas não tenho visto alguém promover ações pela união e fortalecimento da família, por uma sociedade de valores presentes e enraizados no caráter desde a infância, pela presença do pai e mãe na vida dos filhos. Será que estamos perdendo o foco na velha e boa escala de valores e deixando coisas valiosas que estão bem ao nosso lado perder a prioridade para outras necessidades que serão apenas consequência de nossos atos presentes? Que importância tem o seu filho? Responda você...