segunda-feira, 12 de setembro de 2011

A escala de valores, e a falta que ela faz para alguns...

Pois é, meus amigos, tenho tido pouco tempo para postar aqui, mas hoje tirei uns minutinhos para escrever rapidamente sobre um tema que gosto de abordar: a escala de valores.

Não são de valores monetários que estou falando, mas de valores imensuráveis, conceituais, éticos, comportamentais, desses que ditam a conduta da sociedade ou do indivíduo.

Assisti a um vídeo hoje, enviado pela minha madrinha, que caiu como uma luva ao tema. Ele trata da condecoração de Ronaldinho Gaúcho, no dia 12 de abril passado, com uma das medalhas mais importantes da Academia Brasileira de Letras. Um verdadeiro disparate que mostra o quanto somos, enquanto brasileiros, desprovidos de uma escala de valores razoável... coisa que justifica uma série de atos e desvios irracionais nas decisões e atitudes que tomamos regularmente, e evidencia-se muito mais no poder público graças aos veículos de jornalismo. Ronaldinho merece muitos aplausos, muitos prêmios relacionados ao futebol ou qualquer atividade social que ele porventura desenvolva, mas não da ABL! E eu que pensei que já tinho visto de tudo... Vou deixar os comentários a respeito disso por conta desse vídeo, que convido-os a assistir.


A falta de valores do tipo "respeito ao próximo" também é citada nesse vídeo, e nesse final de semana, no condomínio onde resido, fomos agraciados com uma demonstração clara de falta desses valores por dois vizinhos: um deles passou o sábado inteiro com a casa cheia de amigos divertindo-se (isso é bom) ao som de tecno-brega, ou sei lá o nome desse gênero cantado pelas bandas Calypso e Calcinha Preta, tirando o sossego (isso é mau) de quem gostaria de passar a tarde de sábado descansando em casa e desfrutando de toda a beleza e dos sons da natureza à nossa volta. Esse vizinho desligou a música às 22h, horário que o outro vizinho começou a dar sinais dos efeitos da cerveja na cabeça, dando gritinhos e gargalhadas altas adentrando a madrugada. No domingo à tarde todos foram embora para suas casas na cidade, pouco importando-se com o incômodo que poderiam ter causado a quem mora lá no condomínio.

Esse é um sintoma típico de falta de valores, onde ignora-se a coletividade e preocupa-se apenas com o próprio bem estar...

E você, já foi vítima da falta de valores de alguém? Aproveite esse post para desabafar, e tenha uma ótima semana!

2 comentários:

  1. Eu comentei há umas postagens atrás essa bizarrice do Ronaldinho Gaúcho receber homenagens da ABL, como você diz, total inversão de valores. Mas enfim, esse é o Brasil, onde o padrão de cultura... Existe?

    Esse tipo falta de valores que você citou é universal, todo mundo padece dessa síndrome da diversão egoísta. Se o fulano está feliz, de boa, que se dane o resto.

    Bela abordadem, Adriano.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Adriano, que coisa de louco tudo isso. Estamos muito carentes de exemplos mesmo, de coisas boas para comentar, porque perdemos tempo em homenagear quem não fez nada para ser homenageado.

    Lembrei de você no post de hoje, usei a análise SWOT para comentar a incompetência do Brasileirão.

    Um abraço e até mais.

    Vôlei de praia: Ricardo fala da parceira com Pedro Cunha - De olho nas Olimpíadas
    Brasileirão: Arrumar desculpas sempre é mais fácil

    http://apenasumpontoesportivo.blogspot.com


    As pessoas complicam tudo
    http://apenasumponto.blogspot.com

    ResponderExcluir

Deixe sua crítica e sua opinião!